1º dia de treino intensivo do Luke, um cachorro reativo com dificuldade de ser manuseado

Conheça um pouco da história do Luke, um cachorro da raça Lhasa Apso de aproximadamente 8 anos que passará 30 dias no Bangalô para modelagem comportamental e construção de uma nova rotina. Vejam abaixo como foi o primeiro dia de treino dele.


Luke foi adotado recentemente por uma família e já demonstrou uma certa dificuldade na adaptação do seu novo lar, tanto no manejo como no convívio.


Ele foi abandonado pela sua primeira família e resgatado por um Lar Temporário, que cuidou dele até achar uma oportunidade de viver definitivamente com novos tutores.

O Luke tem alguns problemas de saúde, o que acaba fazendo com que ele tenha sempre que ir ao veterinário para exames ou medicamentos. Esse fator favoreceu a sua reação negativa perante os veterinários e profissionais dos laboratórios que tiveram de manipulá-lo.

Na adaptação com a nova família, a situação também foi complicada. O Luke mordeu a dona algumas vezes em que tentou manuseá-lo e por isso a família teve dificuldades de lidar com ele de início.


O Luke não é um cachorro agressivo, mas o fato de não sabermos o que de fato aconteceu nos anos anteriores de sua vida, somado as experiências negativas e mais invasivas dos procedimentos médicos, ele aprendeu a reagir para se defender de tudo o que representa ameaça na visão dele. A consequência disso na vida com a família é a objeção e reação com as novas regras e formas de viver.


Nos próximos 30 dias vamos remodelar toda a rotina ensinando novas formas de agir perante os mais variados estímulos e corrigir todo e qualquer comportamento indesejado que aparecer no processo.


Nesse primeiro vídeo mostramos o primeiro passo com o Luke aqui no Bangalô Dog Hostel. A introdução dos equipamentos que vamos utilizar em todo o treinamento.

A Prong Collar como um equipamento de direção, pois queremos facilitar para ele entender cada direção que vamos lhe propor. Gostamos muito da Prong Collar, pois é um equipamento extremamente seguro. Apesar da aparência esquisita, ela garante que o cachorro não se enforque por conta do seu anel regulador. A única marca que recomendamos é a HERM SPRENGER. As Prong Collar nacionais infelizmente não têm a mesma qualidade.


Vamos utilizar também a E-Collar como um equipamento de comunicação. Para facilitar o entendimento do cachorro precisamos nos comunicar de uma forma eficaz, e sem dúvidas, o colar eletrônico faz esse papel muito bem. Ao contrário do que muita gente pensa, o colar eletrônico não serve apenas para corrigir, muito pelo contrário, serve para construir novos comportamentos. Claro que em casos de comportamentos reativos como os que o Luke apresenta, em alguns momentos, a E-Collar também é a melhor forma de corrigir com segurança para ele e para quem está conduzindo o processo, mas as correções são 10% do treinamento com o colar eletrônico, os outros 90% é construção de novos comportamentos e comandos à partir de uma comunicação efetiva.



No vídeo abaixo a Renata da continuidade ao treino de guia, e mostra o momento onde corrigiu a objeção do Luke com a E-collar. O equipamento é tão eficaz que fica praticamente imperceptível aos nossos olhos, mas aconteceu. É importante corrigir toda ação não bem-vinda do cachorro, para que ele entenda o que pode e não pode fazer.



Nesse ultimo vídeo introduzimos o exercício do place com o Luke. Por ele estar mais cansado foi teoricamente fácil e rápido. Mas isso não quer dizer que ele já sabe e que não precisamos mais fazer o processo inteiro. O que conta de um treinamento é a consistência dele. É exatamente o que vamos fazer. Todos os dias vamos treinar todo o processo, para que o treino passe a ser um estilo de vida, e não mais um momento específico.



Outra parte muito importante é a introdução da caixa de transporte. Todos os cães precisam ter o seu espaço reservado, e cabe a nós, humanos e gerentes do ambiente, propor isso para o nosso cachorro, principalmente em casas com dois ou mais cães.

A caixa de transporte, além de segurança, traz mais momentos de relaxamento para o cachorro, o que está diretamente ligado a construção de uma vida mais passiva.



94 visualizações

Bangalô Dog Hostel ​© 2017 |

Escola - Hotel - Consulta Comportamental - Treinamento

bangalodoghostel@gmail.com

Av Manuel Augusto de Alvarenga, 67 - São Paulo/SP

  • YouTube - Círculo Branco
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon