Saiba quais são os benefícios da prática de esteira ergométrica para os cães

Atualizado: Jul 1

Quando pensamos em esteira ergométrica fazemos uma associação imediata com o trabalho do corpo e o gasto de energia. Porém, quando se trata do uso da esteira para os cães, a atividade é muito mais mental do que corporal.


A esteira ergométrica permite aos cães trabalhar o foco. E por que o foco? Ao topar com distrações em uma caminhada, como por exemplo, outros cães ou pessoas, ou então em situações simples da rotina, em que você precise orientá-lo, quanto mais focado o seu cachorro estiver, mais clara ficará a comunicação e o entendimento dele diante das situações.


Para cães sensíveis a barulhos como fogos, chuva, motos, campainha e etc. a esteira é uma ótima ferramenta. Ao colocar esses sons enquanto o cachorro caminha na esteira, você irá perceber que ele precisará primeiro focar na atividade antes de dar atenção aos barulhos que causam o medo. Em longo prazo, esses sons se tornam secundários e assim o cão fará a associação de que ele pode fazer qualquer atividade enquanto os fogos acontecem, as campainhas tocam, as motos andam e a chuva cai. Segue a vida! Claro, estamos falando de uma atividade que nos auxilia neste trabalho quando realizada dentro de uma rotina, mas não será responsável completa para se tratar de medos e fobias.


Além disso, quando inserimos um cachorro na esteira podemos trabalhar o condicionamento físico e a drenagem de energia. Ela nos permite complementar a rotina de atividades em dias mais corridos, em dias de chuva e até mesmo quando está muito sol. Para isso, mantemos o cão em um período mais longo e em uma velocidade que pode variar entre uma passada confortável e até mesmo uma corrida. Você vai perceber que o ajuste de velocidade da esteira para eles é diferente do nosso. E muitas vezes, o grande desafio para um cachorro agitado e que está sempre em movimento é andar num passo mais lento. É ele aprender a se concentrar na passada. Pode parecer simples para nós, mas para a mente deles é um trabalho e tanto!


O mais importante ao inserir a esteira na rotina dos cães é fazer de forma calma, tranqüila e segura de modo que não gere trauma. É preciso lembrar que você irá apresentar algo completamente novo para o cachorro e isso deve representar uma boa associação para ele. É primordial checar a saúde e respeitar o limite de cada cachorro, para que ele se adapte ao exercício.


Vale sempre ressaltar que esse exercício não substitui o passeio na rua de forma alguma! A caminhada é essencial na vida dos cães, não só pelo ato de caminhar, mas para utilizar todos os sentidos e vivenciar o mundo. Lembre sempre que a esteira é uma ferramenta que que pode complementar a rotina de exercícios e a caminhada é a principal e mais completa atividade dos cães.


Se você está pensando em iniciar o seu amigão nessa atividade, algumas dicas são valiosas:


· É importante que o tamanho da lona da esteira seja compatível com o tamanho do seu cachorro, tanto na largura quanto no comprimento;


· Nada de deixar o cão na esteira em um ambiente sem supervisão. Todo o período que o seu cachorro ficar na esteira deve ser acompanhado por alguém. Essa é uma questão de segurança;


· Os cães normalmente associam o passeio com o momento de fazer as suas necessidades fisiológicas, então antes e depois de colocar o seu dog na esteira é bacana garantir aquele xixizinho para evitar que ele faça durante a atividade;


Caso não consiga iniciar esse trabalho com o seu cachorro contrate um profissional para te ensinar como deve ser feito. :-)


Para complementar, vejam o vídeo que fizemos sobre introduzir os cães na esteira:






425 visualizações

Bangalô Dog Hostel ​© 2017 |

Escola - Hotel - Consulta Comportamental - Treinamento

bangalodoghostel@gmail.com

Av Manuel Augusto de Alvarenga, 67 - São Paulo/SP

  • YouTube - Círculo Branco
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon